terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Codinome Beija-Flor


(...) apesar de já divagar por entre os véus da noite escura, gravei em mim um pensamento ancorado às Cores caídas… Assim que a luz espreitou na clareira da madrugada húmida, corri rumo aos prados perfumados pelo orvalho gotejante, e eis que a luz do arco-íris pousou no meu olhar: as Cores que ontem me falavam desse horizonte cósmico, hoje cantam felizes nos botões das flores, nos braços das árvores, nos corpos dos insectos e nas asas dos pássaros…


..... Boa Noite!

Hoje a inspiração chegou mais cedo, só a inspiração porque as palavras ainda me faltam...
Vagando entre as orações, não encontro verbos que definam o momento... pois bem, mesmo assim vou escrever e se ficar sem sentido me perdoe, nunca fui mesmo de me fazer entender (defeito né?! rs).

Ando tendo sonhos estranhos, coração acelerado, perdida nos meus pensamentos. Haveria algo de errado? Fora os estresses corriqueiros e as críticas (Aaaaaah! Críticas e mais críticas, alguém vive só disso?). Milhões de dúvidas, milhões de caminhos e qual seria o melhor?! Eu queria mesmo é uma luz lá do alto, do tipo "vai por ali, você não vai se arrepender", como diz sempre vovó: "o tempo é o senhor da razão minha filha". Agora digo pra minha vovó: "se o tempo é o senhor da razão vovó, então o amor desconhece o tempo." Boa resposta, não ajuda, entretando dá uma boa desculpa para os desvaneios dessa garota "rsrsrs".
Se eu fosse olhar pra tráz, (iiiihhh...) tanta coisa quebrada, tantos cacos no chão, páginas em branco e muitos livros queimados. É o livro da vida né?!, Quanta gente já não escreveu, apagou, rabiscou, arrancou as folhas e depois entregou ele bunitinho pra alguém como se só tivesse vivido aquilo que estava ali escrito, moldado sua história, como se o coração não tivesse cheio, transbordando pelo resto que não coube, que retirou... como se fosse sofrer menos, é o famoso escrever pelas entrelinhas? E o dito pelo não dito acaba sendo interpretado de qualquer jeito, acho que a imaginação é pior dos que os fatos porque fatos tem começo, meio e talvez um fim, já a imaginação, ah essa vai longe e quase sempre muito cruel.
Sobre aquela música "ando de vagar porque já tive pressa e levo esse sorriso porque já sofri demais", acho que é isso... não consigo entender porque sempre devagar, aliás, não consigo entender muita coisa, mas eu acho que esse é o jeito.
Deus sempre escreve bem....
Mais amor não é?! ♥
Fazer valer a pena todos os dias!!!
Um beijoooo a todos